P12

Aplicação das técnicas quantitativas e qualitativas suportando as tomadas de decisões

Com a intenção de expandir as análises e controle dos ativos do parque industrial para além do conceito de Disponibilidade, utilizamos de ferramentas de Confiabilidade qualitativas e quantitativas em 26 unidades industriais da Raízen.

O objetivo foi permitir as tomadas de decisões orientada por dados e para isso foi necessário a revisão da taxonomia com base na ISO 14224, para coleta de dados de confiabilidade e manutenção.

Apenas mensurar a disponibilidade não atende às novas exigências de produtividade do setor sucroenergético, justificando de imediato a utilização de uma análise RAM para os principais processos das unidades de produção de açúcar, etanol e bioenergia da Raízen.

Tal análise contemplou satisfatoriamente o mapeamento dos processos e ativos (RBD), análise de dados de vida (LDA) de componentes críticos, custo, dentre outros e um plano de ações robusto envolvendo Mantenabilidade e rotinas de manutenção para mitigar potenciais modos de falha.

Thiago Botelho e Ricardo Motta
Raízen


< Voltar